(19) 3894-2490 [email protected]

Invista agora mesmo em uma franquia home based barata e lucrativa Guia-se 2019

Se você já é franqueado, comemore! Se ainda não é, dá tempo de correr atrás e abrir uma franquia home based de baixo investimento Guia-se 2019. E com certeza você não irá se arrepender de investir em uma microfranquia barata e lucrativa. Isso porque, segundo dados preliminares da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor de franquias fechou 2018 acima da expectativa e as previsões para 2019 são ainda mais positivas.

As projeções do setor para este ano comprovam que investir em uma franquia home based Guia-se é um excelente negócio. A previsão de faturamento do franchising brasileiro, segundo a ABF, é de crescimento de 8% a 10%. Além disso, outros dados comprovam que o setor segue caminhando na contramão dos demais segmentos. Ainda para 2019, o número de unidades deve crescer entre 5% e 6%, enquanto que as redes de franquias terão acréscimo de 1%.

O setor de franquias estima ainda crescimento de até 5% na geração de novas vagas de emprego. “Nossa expectativa é que o franchising volte a crescer na casa dos dois dígitos, o que não ocorre há três anos. Portanto, o clima é de otimismo, visto o início de um novo ciclo de governo. As chances de novas medidas para o crescimento econômico do País, como implantação das reformas da previdência e fiscal, certamente favorecem a retomada dos investimentos e evolução do franchising”, analisa o presidente da ABF, André Friedheim.

Franquia home based: faturamento chegou a 7% em 2018

Outro indicativo de que investir em uma franquia virtual de verdade é um excelente negócio são os números do setor em 2018. Dados também da ABF revelam que o franchising em 2018 faturou 7% a mais que em 2017. Assim, entre os motivos para a evolução, destaque para a melhora nos índices de confiança tanto do consumidor quanto empresarial.

De fato os clientes estão mais confiantes e a taxa que era de 88,1 em dezembro de 2017, saltou para 93,8 no mesmo período no ano passado. Cenário semelhante reflete na confiança empresarial. Em dezembro de 2017, o índice era de 92,6, entretanto, no mesmo período em 2018 fechou em 95,9. Outros fatores também foram primordiais para o crescimento do faturamento. Entre eles, destaque para a retomada da expansão, inovações e resultados positivos com novos segmentos de serviços.

Investimento em novas unidades ditou o ritmo

Investir no franchising, como em franquias digitais 2019, foi uma escolha frequente em 2018. É por isso que o número de novas unidades cresceu em torno de 5%, percentual bem acima dos 2% e 3,1% registrados em 2017 e 2016, respectivamente. Novos formatos e modelos, além da confiança e investimento, colaboraram para este crescimento. Com cenário semelhante, mas com ritmo menor, novas redes de franquias foram criadas em 2018. O crescimento registrado pela ABF foi de 1%, entretanto, retomado após um ano de recesso. Dessa forma, novas marcas brasileiras, com segmentos variados, foram fundamentais para esta evolução.

A criação de novas redes acarretou, consequentemente, na criação de novos postos de trabalho. O balanço preliminar da ABF mostra aumento de 8%. Entre os fatores determinantes para o crescimento estão: contratos intermitentes e temporários, além de novas oportunidades de trabalho. “Para cada unidade de franquia criada, são gerados, em média, 8 novos postos de trabalho”, salienta o presidente da ABF.

Internacionalização das marcas se destacou

A internacionalização das marcas também foi destaque no franchising. Dados já consolidados de 2018 indicam que existem atualmente 145 redes nacionais de franquias em operação em 114 países. Em 2017, por exemplo, este número chegava a 142 redes e em 100 países. Moda é o segmento mais representativo, com 35 marcas. Seguido por: saúde, beleza e bem-estar (25 marcas); alimentação (22); casa e construção (18); serviços educacionais (15); comunicação, informática e eletrônicos (12); serviços e outros negócios (7); hotelaria e turismo (4); entretenimento e lazer (3); além de serviços automotivos e limpeza e conservação (2). No ranking dos países que mais utilizam redes de franquias brasileiras estão: Estados Unidos (59 marcas), Portugal (34), Paraguai (32), Bolívia (22), Argentina e Chile (14); Angola e Colômbia (13); México e Espanha (12).

Por outro lado, as franquias internacionais operando no Brasil chegam a 190 marcas em 2018, 10 a menos que 2017. São redes de 24 países, como Estados Unidos (79 marcas), Portugal (22), Espanha (13), França (12), Reino Unido (10), Argentina (9), Itália (8), Canadá (7), além de Austrália e México (4). Entre os segmentos, destaque para alimentação (51 redes); moda (30); saúde, beleza e bem-estar (29); serviços educacionais (17); casa e construção (13); limpeza e conservação e hotelaria e turismo (12); serviços e outros negócios (9); serviços automotivos e comunicação, informática e eletrônicos (6); e entretenimento e lazer (5).

Que tal faturar com uma franquia em 2019? Então cadastre-se AQUI e venha fazer parte do time de franquias home based Guia-se de baixo investimento!