(19) 3894-2490 [email protected]

Investir em negócios pela internet, como numa franquia home based de baixo investimento Guia-se 2019, é a chance de realizar o sonho de empreender

O número de pessoas conectadas à internet, no Brasil e no mundo, não para de crescer. Por isso, o momento é ideal para você realizar aquele sonho de abrir sua franquia home based de baixo investimento Guia-se 2019. Dados do relatório das empresas de marketing digital We Are Social (Reino Unido) e Hootsuite (EUA), referência quanto às perspectivas no setor, revelam que as pessoas estarão ainda mais conectadas. Assim, para atender a essa demanda, é que os negócios pela internet, como proposto pela microfranquia, estão sempre em alta no empreendedorismo.

A pesquisa revela que, em 2019, o número de pessoas conectadas à internet no mundo chega a 4.388 bilhões de usuários (57% da população mundial). Um aumento de 2% quando comparado com o ano passado. Desse total, 3.484 bilhões (45%) utilizam alguma mídia social, o que representa crescimento de 9%. Assim, 3.256 usuários acessam as mídias por meio do celular ou tablet (crescimento de 10%). Por falar em acesso via mobile, são 5.112 bilhões de assinaturas móveis, 2% a mais que no período passado.

O relatório revela ainda que a América do Sul está na segunda posição em acesso às mídias sociais. O subcontinente fica atrás apenas da América do Norte. Entre as redes mais acessadas no mundo, destaque para o Facebook (2,271 milhões de usuários). Youtube (1,900 milhão) e WhatsApp (1,5 milhão). A audiência é maior entre pessoas da faixa etária de 25 a 34 anos, tanto para homens quanto para mulheres, com 19% e 13% respectivamente.

Está em busca de abrir a sua franquia home based lucrativa e de baixo investimento? Então fique atento aos dados a seguir.

E no Brasil: qual é o cenário digital?

Se no mundo as pessoas estão cada vez mais conectadas, no Brasil este cenário não é diferente. Assim, atualmente são 149,1 milhões de brasileiros conectados à internet. Números que revelam crescimento de 7,2%. Desses, 140 milhões de usuários possuem perfil ativo em alguma mídia social. Isso representa acréscimo de 7,7% comparado ao período anterior. E outros 130 milhões de pessoas (avanço de 8,3%) acessam as mídias sociais por meio de aparelhos móveis. Entretanto, quando o assunto é assinaturas móveis, há uma queda de 2,9%, chegando a 215,2 milhões de usuários.

A pesquisa revela que o brasileiro passa mais tempo conectado utilizando dispositivos móveis. Dessa forma, 89% utilizam qualquer tipo de celular, sendo 67% smartphones. Outros 38% usam notebook ou computador, enquanto que 15% tablet. O tempo médio diário de um brasileiro navegando na internet, independente do dispositivo, é 9 horas e 29 minutos. Além disso, 3 horas e 34 minutos é o período que os usuários ficam diariamente nas mídias sociais.

Segundo o estudo, 85% dos usuários brasileiros acessam a internet todos os dias. Outros 9% pelo menos uma vez por semana, enquanto que 5% pelo menos uma vez por mês. Um porcento disse ter navegado menos que uma vez por mês. Entre os sites mais acessados, o Google está no topo da lista. Facebook, tempo e Youtube são as palavras mais pesquisadas no buscador. Entre as mídias sociais, o Youtube é o mais acessado, por 95% dos internautas. Em seguida vem Facebook (90%) e, na terceira posição, o WhatsApp (89%).  São mídias sociais que, costumeiramente, são mais acessadas por pessoas entre 25 e 34 anos.

Segundo pesquisa, 89% dos usuários utilizam qualquer tipo de celular para se conectar

Publicidade nas mídias sociais: vale a pena?

Que tal fazer com que o cliente da sua franquia virtual que vale a pena comece a lucrar com marketing digital? Então é bom ficar atento a outros dados revelados pela pesquisa, como por exemplo, as audiências com publicidade em mídias sociais. Dessa forma, segundo o estudo, 130 milhões é o número de pessoas investiram em publicidade no Facebook mensalmente. No Instagram, esse número chega a 69 milhões. Já o Linkedin alcança 35 milhões de usuários. Twitter e Snapchat vêm logo em seguida, com 8,57 milhões e 9,90 milhões, respectivamente.

A mudança trimestral da audiência no Facebook estagnou e não registrou crescimento. Diferente do Instagram, que aumentou sua média em 6,2%. Cenário de evolução também para o Linkedin e Snapchat, que, respectivamente, cresceram 2,9% e 1%.

Conexões móveis também se destacam

Se a sua franquia home based de baixo investimento é especialista em sistema mobile, a pesquisa realizada pela We Are Social e Hootsuite traz algumas novidades. Atualmente, são 215,2 milhões de conexões móveis, o que corresponde a 102% da população brasileira. Assim, 63% das conexões são referentes a conexões móveis pré-pagos e outros 37% no pós-pago. Conexões móveis de banda larga (3G e/ou 4G) correspondem a 89% das assinaturas. A pesquisa mostra ainda que 91% dos usuários utilizam mensageiros móveis em seus aparelhos. Outros 92% assistem a vídeos no celular. Os jogos em mobile correspondem a 65% dos usuários, enquanto que 61% das pessoas acessam banco móvel. Por fim, 77% utilizam serviço de mapas.

Somente em 2018, foram baixados 7,292 bilhões de aplicativos. Números que geraram ao consumidor gasto de US$ 528,6 milhões (algo em torno de R$ 1,970 bilhão). Dessa forma, o número de aplicativos instalados por smartphone chega a 74 por aparelho. Por outro lado, o número de aplicativos móveis de fato utilizados por mês é de 34 por smartphone. Entre os mais utilizados, destaque para o WhatsApp, Facebook, Facebook Messenger, Instagram e UBER. Na lista dos mais baixados, estão: Facebook Messenger, WhatsApp, Facebook, Instagram e UBER.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre acesso à internet e mídias sociais, que tal abrir sua franquia home based barata e lucrativa Guia-se 2019? CADASTRE-SE agora mesmo e saiba como!