(19) 3016-1270 | (19) 3894-2490 | 0800-8871155 (horário comercial)

Comprar uma empresa ou uma franquia de sucesso?

Principal » Notícias sobre Franquias » Comprar uma empresa ou uma franquia de sucesso?

Comprar uma empresa ou uma franquia de sucesso?

Como se decidir. Devo comprar uma empresa ou abrir uma franquia? Essa é uma pergunta que todo empreendedor deveria se fazer. Neste artigo analisamos as 5 maiores diferenças entre os dois modelos.

A decisão de comprar um negócio em andamento é um passo importante na carreira de qualquer empreendedor. Vários deles prosperam após comprar uma empresa, enquanto outros são mais propensos a prosperar como donos de uma franquia. Na realidade, não há respostas prontas. É necessário avaliar os fatores que diferenciam os dois modelos e decidir qual é a mais viável para você.

De acordo com Gustavo Garcia, fundador do meuBiZ, portal de negócios referência em vender empresas e franquias, os empreendedores podem ter sucesso em ambos os modelos, mas existem diferenças importantes que precisam ser consideradas.

1. Propriedade Modelo

Do ponto de vista da propriedade, uma franquia é diferente de uma empresa típica, afirma Gustavo. Ao contrário de uma empresa própria, os donos de franquia não possuem a autonomia para mudar seus produtos ou serviços com base em seus desejos ou condições de mercado. Essa é uma decisão que cabe ao franqueador (e não ao franqueado), tornando o modelo de franquia menos sujeito à vontade do dono.

Comprar uma empresa em funcionamento também garante certa estabilidade, se o negócio estiver há mais tempo no mercado. Caso contrário, fica o desafio de testar as linhas de produtos e serviços. Em outras palavras, embora os proprietários das franquias sacrifiquem a independência nesse tipo de decisão, possuem muito maior segurança e estabilidade ao pertencerem a uma organização maior e com histórico comprovado, além do suporte que é oferecido ao franqueado.

2. Custos financeiros

Comprar uma empresa exige investimento, que pode ser mais elevado que abrir uma nova franquia. Mas se o dinheiro está curto, o empresário dono de seu próprio negócio tem a opção de atrasar a expansão de alguma área ou reduzir o escopo de um produto/serviço.

Abrir uma franquia normalmente é mais barato financeiramente, mas é necessário cumprir um cronograma de investimento e de obrigações previstas pelos franqueadores. Além da taxa de franquia inicial, os franqueados geralmente pagam royalties mensais pela utilização da marca, pelo treinamento e processos de trabalho.

3. Reconhecimento da Marca

Na maioria dos casos, a probabilidade de investir em uma franquia com marca reconhecida é maior do que comprar uma empresa com essa característica. Como as franquias geralmente possuem abrangência nacional, geralmente as suas marcas também tem esse destaque, o que é uma oportunidade para quem decide empreender nesse modelo.

Mas é preciso se atentar a esse ponto, pois o reconhecimento da marca pode ter um lado negro. Se o franqueador ou um franqueado de qualquer lugar do país comete um erro que resulta em publicidade negativa, todos os franqueados da marca sofrem. Esse é um risco com o qual um negócio próprio e independente não precisa lidar.

4. Operação

Segundo Gustavo, investir em uma franquia ainda é mais comum do que comprar uma empresa em andamento, principalmente entre os empreendedores de primeira viagem. Como modelo de franchising é geralmente mais fácil de operar, ele se torna mais adequado para as pessoas que ainda não tiveram a experiência de administrar um negócio próprio, pois oferece um suporte corporativo, ajuda na escolha do ponto, rede de fornecedores e outros serviços fundamentais para a operação.

A compra de negócios em andamento também tem sido muito buscada (assim como vender empresa tem se tornado muito comum), principalmente por empresários com alguma experiência. Quem compra um negócio próprio tem completo controle sobre a operação do negócio e é responsável pelo seu próprio resultado. É possível encontrar excelentes oportunidades em diversos setores no site do meuBiZ. Vale atentar que a venda de uma empresa não significa que ela esteja em uma situação financeira complicada. Hoje temos muitos casos de venda de negócios com alta lucratividade, mas que o dono precisa se aposentar e não possui um sucessor.

5. Taxa de Sucesso

Falar em diferença nas taxas de sucesso de compra de negócios próprios e de franquias é discutível. “Não há provas conclusivas de que um modelo melhora ou reduza a probabilidade de sucesso de um negócio, pois ambos são excelentes alternativas e em ambos se pode obter sucesso”. Mas comprar uma empresa em funcionamento pode ser muito mais seguro que abrir um novo negócio do “zero”, afirma Gustavo Garcia.

Como um comprador de negócios, você precisa avaliar o potencial de cada oportunidade, pois todos os modelos têm as suas falhas e as suas qualidades. Independentemente disso, é importante fazer a sua lição de casa e pesquisar completamente o negócio antes de investir.

Em última análise, a decisão de comprar uma empresa em andamento ou uma franquia pode resumir-se à sua personalidade como empresário. Se você não se vê sem o controle sobre a tomada de decisões estratégicas e operacionais da empresa, uma franquia provavelmente não é o modelo certo para você.

No entanto, se você prefere a segurança, a estabilidade e os benefícios de participar de uma organização maior e de um modelo já testado e com suporte operacional, a aquisição de uma franquia pode fazer mais sentido.

Gostou das dicas? Se quiser sabem mais sobre como comprar uma franquia de sucesso, compre o livro CHECKLIST MINHA FRANQUIA do CEO das franquias digitais Guia-se José Rubens Oliva Rodrigues.

Comprar uma empresa ou uma franquia de sucesso?
4.7 (93.33%) 6 votos

Leave A Comment