(19) 3016-1270 | (19) 3894-2490 | 0800-8871155 (horário comercial)

Franquias home based participam de palestra sobre Marketing de Conteúdo

Principal » Notícias sobre Franquias » Franquias home based participam de palestra sobre Marketing de Conteúdo

Rafael Rez, referência em Marketing de Conteúdo, conversou com as franquias home based sobre a importância da estratégia

O especialista em Marketing Digital Rafael Rez, referência internacional em Marketing de Conteúdo, participou da 6ª Convenção Anual de Franqueados da Guia-se Negócios pela Internet. O evento aconteceu na primeira semana de outubro, entre os dia 4 e 6, em Indaiatuba, cidade sede da franqueadora. Rez palestrou no primeiro dia de evento sobre a importância de incorporar a estratégia de Marketing de Conteúdo no planejamento estratégico digital das empresas. Ele aproveitou a apresentação para esclarecer aos membros da microfranquia como saber qual o conteúdo ideal para os leads de uma empresa, como produzir conteúdo e como fazer com que esse conteúdo seja “fora da caixa”.

O consultor explicou às franquias home based que o que mais impacta a geração de leads são as buscas. Rez afirmou que 47% dos clientes recorrem às buscas quando estão procurando algum produto. Deste total, 10% das informações online estão nas redes sociais, 11% delas estão em sites de vídeos, mas a imensa maioria (56%) é resultado de buscas no Google – ou seja, se você não está no Google, você não existe. “A função do buscador é encontrar informação para as pessoas. O conteúdo é a razão por que  existem buscadores”, destacou.

Todo negócio precisa estar no Google

Rez afirmou que é possível entender o comportamento das pessoas olhando o Google. “Todo ano no mês de janeiro aumentam as buscas pela palavra ‘emagrecer’. As pessoas são previsíveis. Todo ano, no final do primeiro trimestre, tem busca pela palavra peixe, por causa da quaresma. Se você tem e-commerce, pode começar a falar com os clientes sobre utensílios para usar nesta data, assim como no Natal”, sugeriu. O especialista ainda citou outras oportunidades, como as buscas pelo ‘Papai Noel’, que começam logo após o Dia das Crianças. Ou ainda, no inverno, a tendência de buscas no estado de São Paulo para a cidade ‘Campos de Jordão’, e no verão, para ‘Maresias’. O palestrante incentivou os membros das franquias home based a “cutucar” as pessoas sobre estes destinos, por exemplo, com e-mail marketing. “É possível prever a sazonalidade”, frisou.

Entender o cliente

O consultor ainda deu algumas dicas às franquias home based de como entender o cliente, por exemplo, montando uma pesquisa no Google Forms e disparando para os clientes via e-mail. Ou ainda fazendo um webinário para interagir ao vivo com as pessoas.”Não tem nada mais poderoso do que estar ao vivo com sua audiência”, destacou. Entretanto, Rez ressaltou que nada substitui uma boa conversa para entender o que o cliente quer. “Se você faz isso para o seu cliente, ele vai descobrir insights que ele nunca imaginou e você se tornará absolutamente imprescindível para o negócio dele”, declarou.

Para o palestrante, se você souber desenhar uma boa mensagem, as ferramentas para levar esta mensagem se tornam secundárias. O conteúdo é o principal, se você vai disparar por e-mail marketing, redes sociais, site, não vai importar. Rez citou o case da River Pools que, em 2008, foi afetada pela crise no mercado imobiliário, e optou por dar dicas sobre piscinas em um blog pouco atrativo, mas se tornando referência no assunto, o que gerou 1 milhão de visitas e milhares de pedidos de orçamentos.

Conversão

O especialista ainda mostrou aos participantes que muitos empresários reclamam da taxa de conversão do site, mesmo tendo assessoria, ações de  remarketing, campanhas de Adwords. “Isso acontece porque o cliente bate o olho no site e vai embora. É a navegação a esmo. Se não tem como entrar em contato, não tem um call to action, não tem conteúdo que convence o leitor”, observou. “Conteúdo sem conversão é só publicação grátis”, frisou. Rez contou ainda que a maioria das empresas está preocupada com produção de conteúdo e não conversão, e erra nisso. É preciso identificar o conteúdo ideal para o topo do funil de vendas, para o meio e para fundo do funil. Também é necessário estabelecer as prioridades.

 

Formatos de conteúdos populares:

  • Posts em blogs
  • Páginas de produtos e serviços
  • Landings Pages
  • E-books
  • V ídeos
  • Depoimentos
  • Infográficos
  • Podcasts

O consultor também sugeriu às franquias home based utilizar depoimentos reais dentro do site, mas não adianta colocar um depoimento falando só que a empresa é maravilhosa, pois isso não convence. As pessoas querem saber a verdade. O ideal é estruturar o depoimentos com storytelling:

– Como era antes
– Qual foi a situação proposta
– Resultados alcançados depois da implementação do serviço

O palestrante também falou sobre ofertas de conteúdo que convertem muito, chamados de conteúdos valiosos/ricos, como e-books, séries de vídeos, planilhas, apresentações, podcasts, aplicativos, testes online, e webinários. A ideia é que esse conteúdo gere a sensação “era isso que eu estava procurando”.  Rez ainda ressaltou a opção pelo vídeo, pois as pessoas tendem em não ler o conteúdo, mas assistem vídeos. “Estamos na geração Youtube, que está acostumada a assistir vídeo. Faça vídeos ao invés de e-books”, esclareceu.

Nova ferramenta – GoMarketing.cloud

O consultor de Marketing Digital também aproveitou a Convenção da Guia-se para apresentar uma nova ferramenta. “Identificamos um grande problema. Não existe no mundo um único software de gestão de projetos que identifique recorrências. Fomos conversar com as agências digitais e identificamos problemas em comum”, revelou. Entre eles estavam: equipe pequena com muitas tarefas, organizar o uso do tempo para maximizar os resultados, organizar as demandas de marketing de cada conta, priorizar as tarefas que precisam ser realizadas em cada projeto na ordem certa e comprovar para um cliente o que foi executado.

“Fomos buscar a solução para esses problemas e criamos uma plataforma na nuvem. Nela, você tem múltiplos projetos por cliente, templates para tudo o que se repete, tarefas com responsabilidades e datas, geração de demanda, além de permitir adicionar profissionais a sua equipe na nuvem para ter a quem recorrer quando necessário”, explicou. O lançamento oficial será na RD Summit.

O principal recurso da plataforma é poder gerenciar tarefas e organizar seu fluxo de trabalho, além de conversar com a equipe sobre o projeto, diminuindo o fluxo de e-mail. Rez lembrou que as franquias home based não vendem um site, uma campanha de Adwords, elas vendem o sucesso do cliente – customer sucess – termo que surgiu no mercado das startups. A GoMarketing foi desenvolvida para a necessidade brasileira e o objetivo é ter 1 mil clientes gerenciando projetos na plataforma em um ano.

 

Franquias home based participam de palestra sobre Marketing de Conteúdo
4.5 (90%) 2 votos
2018-04-23T11:53:25+00:00Notícias da Franquia|

One Comment

  1. Publicação no Facebook - Guia-se Osasco 13 de outubro de 2016 at 15:57 - Reply

    […] a orientação do mestre Rafael Rez, referente à palestra que ele nos deu sobre conteúdo na convenção da Guia-se de 2016 que foi de testar sempre o que é postado e fazer um estudo dos resultados […]

Leave A Comment