Pesquisa da ABF aponta crescimento do franchising no Brasil

Principal » Notícias sobre Franquias » Pesquisa da ABF aponta crescimento do franchising no Brasil

 

franchising no brasil

Mesmo com cenário econômico desfavorável  franquias crescem no primeiro trimestre de 2016

Reação do franchising no Brasil minimizou impactos como aumento de custos, a retração do mercado e a escassez de crédito

O franchising no Brasil teve um aumento no faturamento em 7,6% no 1º trimestre deste ano comparado ao mesmo período de 2015, mesmo com a crise econômica que atinge o País. A receita arrecadada saltou de R$ 31,331 bilhões para R$ 33,709 bilhões, de acordo com a pesquisa de desempenho divulgada esta semana pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). O resultado positivo foi fruto de uma rápida reação do setor ao aumento de custos, a retração do mercado consumidor e a escassez de crédito.

De acordo com a presidente da ABF, Cristina Franco, diante de um cenário desafiador, as redes buscaram alternativas, como promoções, campanhas de incentivo, revisão de mix de produtos, renegociação com fornecedores, identificação de novos mercados e até o desenvolvimento de novos modelos de negócios. Outro fator ressaltado pela presidente é o ticket médio das franquias, que se adequa melhor ao bolso do consumidor neste período de restrições no orçamento.

No acumulado de 12 meses, a receita do franchising no Brasil variou positivamente  em 7,9%, o que indica consistência do desempenho do setor frente ao cenário econômico desfavorável. “A natureza colaborativa do franchising, em que ambas as partes buscam conjuntamente o desenvolvimento do negócio, confere maior resiliência ao nosso sistema. Somos um dos últimos setores a entrar na crise e um dos primeiros a sair”, destaca Cristina. O setor ainda registrou expansão de 2,9% em unidades de franquia em relação ao ano de 2015, totalizando 141.254 unidades.  Foram 2.911 novas operações de franchising no Brasil e 108 novas marcas.

Os segmentos que apresentaram maior crescimento no primeiro trimestre de 2016 foram: Acessórios Pessoais e Calçados (15%), Lavanderia, Limpeza e Conservação (15%), Serviços Automotivos (13%), Negócios, Serviços e Outros Varejos (12%) – segmento em que a Guia-se Negócios pela Internet se encaixa -,  e Esporte, Saúde Beleza e Lazer (12%).

Outro dado apurado pela pesquisa da ABF foi o número de multifranqueados, franqueados que têm mais de uma unidade, como os franqueados Guia-se José Elias Júnior, dono das unidades Rio de Janeiro – Centro e Rio de Janeiro – Botafogo, e Anderson Luis Fiori, proprietário das franquias online de Itu e Salto. Segundo a ABF, entre as redes que responderam a pesquisa, 68% possuem multifranqueados, isso demonstra amadurecimento do setor e a confiança no modelo de negócios. 

Para o CEO da Guia-se, José Rubens Oliva Rodrigues, diretor de microfranquias da ABF, os números do franchising no Brasil mostram exatamente aquilo que a microfranquia vive no dia a dia. “A Guia-se, assim como as demais franquias de sucesso, continua crescendo mesmo com a crise na economia brasileira. Aproveitamos este momento difícil para oferecer soluções em marketing digital aos clientes que estão passando por dificuldades. Assim, conseguimos mais clientes e aumentamos o faturamento”, destaca Rodrigues.  

Pesquisa da ABF aponta crescimento do franchising no Brasil
5 (100%) 1 voto
By |2018-04-23T11:53:52+00:00junho 2nd, 2016|Franchising|0 Comentários

Deixar Um Comentário

Pesquisa da ABF aponta crescimento do franchising no Brasil
5 (100%) 1 voto