Franquia Guia-se tem debate sobre transformação digital durante Convenção

Franquia Guia-se tem debate sobre transformação digital durante Convenção

Palestra foi ministrada pelo especialista Felipe Morais no principal evento da franquia de marketing digital

A franquia de marketing digital Guia-se Negócios pela Internet recebeu o especialista em planejamento estratégico digital, Felipe Morais, para palestra sobre Transformação Digital. O tema foi debatido durante a 6ª Convenção Anual de Franqueados, que contou com a participação de membros da franquia home based, empresários e profissionais liberais. O principal evento da microfranquia ocorreu de 4 a 5 de outubro, em Indaiatuba/SP, que marcou também o Onda Azul Guia-se 2018.

Morais abriu sua participação no evento da franquia de marketing digital ressaltando a importância das empresas estarem preparadas para esta transformação. Isso porque, segundo ele, é um processo que não dá mais para esperar. Ao contrário, tal iniciativa já deveria ter iniciada há pelo menos 3 anos. Empresas que ainda não “discutem” tal mudança estão um passo atrás dessa evolução, que gera, inclusive, novos cargos e profissões.

Sendo assim, é preciso pensar como estará o marketing digital daqui para frente. Quais ferramentas serão mais eficazes aos clientes. E o Facebook: de que forma estará beneficiando negócios daqui 5 anos, por exemplo. “Não importa saber como vai ser o futuro, pois não é possível mudar o futuro. Mas se não puder provocar mudança em seu negócio, fatalmente nada irá acontecer”, diz Morais.

Franquia de marketing digital e o desafio da mudança

Ainda durante a Convenção da franquia de marketing digital, Morais ressaltou a importância de romper o desafio da mudança. Não é fácil, mas é necessário. A transformação digital, por exemplo, é baseada sempre na mudança de pensamento do responsável pelos negócios atendidos pelas franquias de marketing digital. Assim, é necessário “digitalizar a cabeça” do gestor, para que ele esteja focado em estratégias voltadas para o on-line.

É preciso, ainda, compreender que o marketing não mudou e sim se adaptou a um novo perfil de consumidor. “As pessoas continuam com a mesma necessidade de comprar, mas a forma com que compramos e nos relacionamos com a marca mudou”, salienta Morais. “Mas é fato que a tecnologia está tão inserida na vida das pessoas, que só percebemos quando ela deixa de funcionar.”

Dados da IBM, do início deste ano, revelam que 67% da jornada do comprador é realizada digitalmente. Isso significa que a estratégia digital nunca foi tão primordial para qualquer negócio. Por isso, é preciso questionar: como estou trabalhando minha jornada de consumo, pensando no ponto de vista da transformação digital? Lojas menores e shoppings sociais, por exemplo, surgem como reflexo dessa transformação digital. E, por conta das mudanças comportamentais do consumidor, o futuro do varejo, como é conhecido hoje, pode estar com seus dias contados. Mas fato é que só alcançará a transformação digital se conseguir fazer o elo entre os dois mundos (on-line e off-line).

Principal evento da franquia de marketing digital, Convenção Anual de Franqueados ocorreu nos dias 4 e 5 de outubro

Quais são as novas tendências

As transformações digitais trarão evolução ao mercado virtual. Durante o evento da franquia de marketing digital, Morais revelou que até 2020 o que terá maior peso na escolha de consumo será a experiência do cliente – superando outros aspectos como preço e/ou produto. “Hoje, o maior patrimônio das pessoas é o tempo, ninguém tem tempo a perder”, comenta. “A interatividade é uma característica humana, não é por causa da internet. A gente olha no celular 150 vezes por dia, isso é uma pesquisa real. Ninguém quer ficar desatualizado.”

A transformação digital pode causar mudanças jamais pensadas. Pesquisa do Gartner Group revela que 67% pessoas nascidas a partir de 2010 vão trabalhar em profissões que atualmente ainda não foram criadas. Entretanto, outras deverão sumir do mercado. Também, no futuro breve não vamos mais usar tantos aplicativos, o foco será no uso de assistente virtual.

Assim, diante de tantas previsões de mudanças, Morais relembra a necessidade de adaptar a um novo cenário de transformação que está por chegar. “O desafio dos profissionais de estratégia de marketing digital é abrir mentes. Por isso, não crie estratégias digitais, mas sim estratégias para o mundo digital. Não acredite que conseguirá vender para novos clientes apostando na forma tradicional”, diz.

Saiba mais sobre a franquia de marketing digital Guia-se Negócios pela Internet. Clique AQUI e cadastre-se.

Franquia home based promove capacitação de franqueados com especialistas

Franquia home based promove capacitação de franqueados com especialistas

Semana Técnica da franquia home based contou com 190 franqueados da Guia-se Negócios pela Internet

A franquia home based Guia-se Negócios pela Internet busca sempre oferecer suporte técnico adequado aos seus franqueados. Para isso, a microfranquia realizou de 6 a 9 de fevereiro a primeira edição do ano da Semana Técnica. Durante a capacitação, os membros da franquia tiveram contato com especialistas em marketing digital. Ao todo foram oito aulas, acompanhadas por 190 franqueados Guia-se de todo o Brasil. O conteúdo aplicado segue disponível na Extranet da franquia virtual.

Diariamente os franqueados da Guia-se eram avisados de forma antecipada sobre as aulas e recebiam os respectivos links de acesso. Dois webinares aconteceram todo dia. Na abertura da Semana Técnica, 20 membros da franquia home based acompanharam a aula com a especialista Tatiana Apolinário. Na ocasião, ela falou sobre a mLabs, ferramenta de gerenciamento de mídias sociais. No mesmo dia, Marcos Custódio apresentou a 25 franqueados o tema Comercialização do SEO.

No dia seguinte, os dois webinares foram com a parceira X-Tech. O conteúdo aplicado na primeira aula foi X-Tech Commerce, para 18 participantes. Foram abordadas questões sobre como utilizar o painel de terceiros, criação de lojas e apresentados materiais de ajuda. Logo em seguida, a equipa da X-Tech falou para 16 franqueados sobre configurações avançadas e de SEO, ferramentas de marketing e integrações, notificação de frente grátis e outros temas.

Franquia home based Guia-se trouxe mais conteúdo

O terceiro dia de Semana Técnica foi com a equipe da franquia home based Guia-se. A gerente Nacional de Operações, Carla Souza Pavão, apresentou a 29 franqueados a nova campanha de vendas da microfranquia para 2018. Logo em seguida, foi a vez da gerente do Departamento de Marketing, Gabriela Carvalho, falar para 28 participantes um pouco mais sobre anúncios no Facebook. No último dia de capacitação, 25 franqueados participaram do webinar sobre Bitrix. O conteúdo foi ministrado por Adriana Santos, também da Guia-se. Além de um overview da ferramenta, manipulação e tratamentos dos leads recebidos também foram assuntos abordados. Para finalizar, 29 franqueados acompanharam o webinar sobre Google AdWords e tendências do mercado, temas conduzidos por Renato Rosa, do Google.

As Semanas Técnicas são oferecidas aos membros da franquia home based a cada dois meses. Para contar com a participação de todos, sem a necessidade dos mesmos se deslocarem de suas cidades, o “encontro” ocorre pela internet. O objetivo é sanar as dúvidas dos franqueados, principalmente sobre plataformas e ferramentas dos parceiros, e anunciar as novidades. “É a oportunidade que os franqueados têm de manter contato com especialistas para tirar suas dúvidas, as quais costumam surgir diariamente. Nosso objetivo é sempre auxiliar nossos franqueados, para que possam oferecer serviços de marketing digital aos clientes com a qualidade Guia-se”, salienta o CEO da Guia-se, José Rubens Oliva Rodrigues.

 

Sua carreira profissional está na franquia de marketing digital Guia-se

Sua carreira profissional está na franquia de marketing digital Guia-se

Conheça a história de 2 franqueados que largaram suas profissões para alcançar sucesso com franquias de marketing digital

Dois profissionais de áreas diferentes, de localidades distintas, mas que alcançaram sucesso por tomarem a mesma decisão: abandonar a carreira profissional e tornar-se um empreendedor. Mas, João Elias e Anderson Silva, das unidades Rio de Janeiro e Bragança Paulista/Limeira-SP, fizeram bem mais do que isso. Decidiram investir na franquia de marketing digital Guia-se Negócios pela Internet. De funcionários passaram a ser donos empresas lucrativas e com destaque no cenário nacional. Hoje, atuando num setor cada vez mais promissor, celebram os resultados alcançados por suas franquias de sucesso.

A falta de experiência no setor não foi empecilho para ambos fazerem parte do time da franquia de marketing digital. Aliás, esse é um dos benefícios para quem investe na Guia-se. A microfranquia oferece todo suporte e treinamento aos seus franqueados. Dessa forma, José Elias passou a fazer parte da franquia online. Formado em Análises de Sistemas, com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos, ele trabalhou por 10 anos no setor de web da FGV, quando decidiu “mudar” de vida. “Buscávamos um modelo de negócio diferente. Fizemos pesquisas com outras empresas, mas a Guia-se foi aquela que a gente acreditou. Hoje temos a certeza que foi a escolha certa”, lembra. Assista ao depoimento completo do franqueado.

Caminho semelhante foi traçado pelo franqueado Anderson Silva. Com 10 anos de atuação em uma instituição financeira, recebeu a notícia que seria desligado da empresa. “A partir daquele momento decidi que ninguém me mandaria mais embora”, recorda-se. “Cheguei a ver outras franquias, achei várias no meio do caminho, mas quando encontrei a Guia-se os olhos brilharam. Foi uma decisão difícil, pois era o dinheiro de toda a rescisão do banco. Mas eu sabia que ali tinha um negócio com pessoas sérias e transparentes.” Clique aqui e assista ao depoimento do franqueado.

Além do baixo investimento, as franquias de marketing digital Guia-se são lucrativas

Franquia de marketing digital lucrativa

Anderson Siva abriu suas unidades da franquia de marketing digital Guia-se em Bragança Paulista e Limeira/SP . Há quase quatro anos oferece serviço de gerenciamento de páginas no Facebook. Ao todo atende cerca de 40 empresas. “O primeiro ano é mais difícil, tem que ir batendo em porta em porta, prospectando clientes”, lembra. “Mas atualmente a maioria do clientes vem por indicações e geração de leads da franqueadora. Aos poucos o mercado vai se moldando e a gente vai pegando cada vez mais maturidade no negócio.”

José Elias, por suas vez, tem sua franquia de marketing digital há cinco anos, situadas em Cabo Frio e no Centro do Rio de Janeiro. Oferece serviços focados em criação de sites, e-commerce e também no gerenciamento de mídias. Mas “apostar” na microfranquia abriu outros horizontes. Com três anos de Guia-se, ele recebeu o convite para fazer parte do Sebrae e atualmente dá consultoria e ministra palestras.

Agências de sucesso e sem crise

Tanto José Elias quanto Anderson Silva sabem que tomaram caminhos iguais e, acima de tudo, certos. Mas ambos vislumbram mais crescimento. E nessa caminhada, nem mesmo crise financeira no País, que fecha empresas e demite trabalhadores, chega a ameaçar. “Muitos reclamavam da crise lá em 2015, mas no digital não teve queda. Foi crescimento desde aquele período até 2018. Diminuiu talvez o investimento, mas chegar ao negativo eu nunca vi”, analisa José Elias.

Para Anderson Silva, o marketing digital ainda tem muito a crescer justamente por ainda ser novo no Brasil. “Estamos engatinhando no marketing digital, mas percebo que todas as empresas necessitam do nosso serviço”, diz. “Tudo dependerá da atitude do franqueado, da sua pró-atividade, de quanto está envolvido no processo. Se realmente quer assumir aquilo como compromisso, como trabalho da vida. Saber que temos potencial para crescer me dá uma tranquilidade muito grande.”

Para o CEO da Guia-se, José Rubens Oliva Rodrigues, a história dos franqueados só demonstra que investir em franquias home based é o caminho mais adequado para quem deseja empreender com sucesso. “Na Guia-se o franqueado tem suporte adequado. Constantemente participa de treinamentos, reciclagens e de eventos com os profissionais mais renomados do setor. Capacitados, eles oferecem serviços de qualidade para seus clientes. Sucesso e crescimento são inevitáveis e nós da franqueadora também ganhamos com isso.”

[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

Franquia de marketing digital Guia-se encerra o ano com mais de 30 novas unidades

Franquia de marketing digital Guia-se encerra o ano com mais de 30 novas unidades

Já são mais de 120 microfranquias Guia-se Negócios pela Internet espalhada por todo o Brasil

A franquia de marketing digital Guia-se Negócios Pela Internet encerrou 2017 com mais de 30 novas unidades. Os quatro últimos membros que entraram para o time da microfranquia realizaram o treinamento inicial este mês. A capacitação ocorreu de 11 a 15 de dezembro, na sede da franquia home based, em Indaiatuba/SP. Em breve ambos passarão pelo treinamento inaugural e estarão aptos a oferecer serviços de marketing digital em suas regiões.

Os cinco dias de treinamento inicial foram fundamentais para o começo promissor dos novos franqueados. Isso porque foi o primeiro contato que tiveram com a microfranquia. Na ocasião, os novos membros da Guia-se conheceram um pouco mais sobre Marketing de Conteúdo, Inbound Marketing e Empreendedorismo. No próximo encontro, no Treinamento Inaugural, eles saberão mais sobre os serviços desenvolvido e oferecidos pela franquia virtual. Temas como Técnicas e inovações de marketing no Facebook, E-mails sequenciais e Estratégias de abordagem e planejamento também serão abordados.

Em breve a qualidade dos serviços oferecidos pela franquia de marketing digital Guia-se estará disponível em quatro novas localidades, todas no Estado de São Paulo. A franquia online estará presente em Ribeirão Preto, São Paulo (Moema), Piracicaba e São Paulo (Barra Funda).

Conheça as novas franquias de sucesso

– Wellington Amaral – Unidade Ribeirão Preto/SP
– Claudio Villani – Unidade São Paulo – Moema/SP
– Geraldo Spaziani – Unidade Piracicaba/SP
– Carina Romano – Unidade São Paulo – Barra Funda/SP

Franquia de marketing digital é referência no Brasil

Com mais quatro novas franquias de sucesso, a Guia-se é hoje referência no Brasil. Já são mais de duas décadas de atuação no mercado, tendo sua marca representada por mais de 120 unidades espalhadas por todo o Brasil. “Fico orgulhoso em ver que nós da Guia-se oferecemos serviço de marketing digital com qualidade para mais de 3 mil empresas em 17 estados brasileiros. Esse é o grande diferencial da Guia-se: capacitar seus franqueados para que possam oferecer todo o suporte necessário a seus clientes”, declara o CEO, José Rubens Oliva Rodrigues.

Constantemente a franquia de marketing digital Guia-se tem seu trabalho junto aos franqueados reconhecido por grandes entidades do setor. Neste ano, por exemplo, a microfranquia ganhou seu 5º selo de Excelência da Associação Brasileira de Franchising (ABF). O reconhecimento ao profissionalismo da Guia-se faz com que a franquia online seja hoje a única no Brasil a conquistar a chancela por cinco anos consecutivos. “Isso mostra por que alcançamos a marca impressionante de 40 novas unidades apenas este ano. Em 2018 estaremos ainda mais fortes”, garante Rodrigues.

Relacionamento no franchising é tema de palestra na Convenção Anual da franquia home based Guia-se

Relacionamento no franchising é tema de palestra na Convenção Anual da franquia home based Guia-se

Franqueada de rede de cuidadores, palestrante Márcia Novaes destacou a importância do suporte do franqueador para a evolução dos negócios

A franquia home based Guia-se Negócios pela Internet recebeu, durante a Convenção Anual de Franqueados 2017, a especialista Márcia Novaes. Ela se apresentou no segundo dia de evento e falou sobre relacionamento no franchising. O encontro foi realizado de 4 a 6 de outubro, em Indaiatuba/SP, município sede da microfranquia. Na ocasião, a palestrante discursou sobre seu case de sucesso como franqueada e como deu a volta por cima após não ter alcançado sucesso na sua primeira experiência.

Márcia contou aos membros da franquia home based Guia-se que iniciou sua jornada com franqueada em uma rede de buffet infantil. A empresária lembrou que, para ter suporte do franqueador, pagava 10% do faturamento bruto. Mas, passados dois anos de atividades, o franqueador decidiu concorrer com seus franqueados. “O resultado não poderia ser outro: franquia quebrada e franqueados aos poucos eram acionados na Justiça”, contou. Márcia, sua sócia e demais funcionários decidiram continuar o negócio, mesmo sem um franqueador. A busca era por manter a empresa “em pé” e recuperar o alto valor investido. “Comprei então a cozinha do franqueador e segui com meu buffet. Mas, passados 25 anos, a empresa passou a não lucrar mais diante do aumento da concorrência e decidi que ia fechar as portas”, revelou.

A volta por cima

Apesar de ter desistido da primeira experiência como franqueada, Márcia conseguiu dar a volta por cima. A empreendedora contou na Convenção da franquia home based que identificou a segunda oportunidade de ter seu negócio após um problema familiar. “Minha mãe teve um AVC e precisei montar uma equipe e aprender a cuidar dela”, contou. Certo dia, Márcia viu uma propaganda sobre uma franquia de cuidadores de pessoas. “Neste período pesquisei bastante sobre a franquia e com os demais franqueados para saber o nível de satisfação com o serviço”, explicou. Há dois anos, Márcia tornou-se membro da franquia Home Angels, que cuida de pessoas. “Me dedico muito, mas atualmente tenho contrato com 43 clientes e um bom faturamento”, comentou.

Márcia explicou aos membros da franquia de marketing digital que o papel do franqueador foi decisivo nos dois momentos de sua vida como empreendedora. No primeiro momento, a ausência do franqueador prejudicou o andamento dos negócios. “Se pudesse voltar no tempo, iria atrás de um franqueador. É horrível ficar sem franqueador, eu não tinha know how. Eu quero ter uma pessoa me ajudando”, explicou. “Por isso, é preciso buscar o encaixe perfeito entre franqueador e franqueado. O bom relacionamento é essencial para o sucesso de ambos.”

A palestrante lembrou aos presentes no evento da franquia home based que os negócios de franchising estão baseados sempre no relacionamento. Ela acredita que as emoções fazem parte do sistema de franquias e, em busca de sucesso, é necessário que o franqueado confie em seu franqueador e siga suas orientações. Para isso, é fundamental que todos estejam abertos à construção de laços transparentes e genuínos. “O know how das redes de franquia vale ouro e merecem todo respeito”, salientou.

ABF divulga desempenho do franchising no Brasil no 1º trimestre

ABF divulga desempenho do franchising no Brasil no 1º trimestre

Setor de franchising no Brasil tem crescimento no faturamento e saldo positivo no número de unidades de franquias inauguradas

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) divulgou no mês de maio os dados do franchising no Brasil, da Pesquisa de Desempenho do Franchising 2017, referente ao 1º trimestre de 2017. Este ano, o levantamento sobre o setor foi organizado de forma trimestral, a fim de permitir antecipação de parte das informações. Para realizar a pesquisa, as empresas que atuam em franchising foram convidadas a participar, sendo associadas ou não associadas à ABF. O questionário on-line foi respondido entre os dias 4 e 28 de abril. As informações e dados obtidos com a pesquisa foram consolidados, e resultado foi propagados através de modelos estatísticos. O objetivo disso é minimizar eventuais desbalanceamentos da amostragem.

Com relação ao número de lojas de franquias, o saldo entre as unidade abertas e as fechadas no período é positivo. O crescimento foi de 2,3%, já o percentual de lojas fechadas foi de 1%. Quanto aos empregos diretos relacionados ao franchising, houve queda de 0,22%. O número acompanha o desemprego em todo o país por conta da instabilidade econômica, política e social. Segundo o IBGE, o desemprego no Brasil no 1º trimestre de 2017 aumentou para 13,7%.

Faturamento do franchising no Brasil

Sobre o faturamento do Setor de Franchising, a pesquisa constatou que houve aumento de 9,4% no período, se comparado com ao 1º trimestre do ano passado. Foram R$ 36.890 bilhões, em 2017, contra R$ 33.710 bilhões, em 2016. O segmento de Comunicação, Informática e Eletrônicos, no qual a Guia-se Negócios pela Internet está inserido, foi responsável por R$ 1.208 bilhões do faturamento do franchising. Com relação ao acumulado dos últimos 12 meses, o crescimento no faturamento foi de 8,8%. De abril de 2016 a março de 2017, foram R$ 154.426 bilhões.

A pesquisa ainda apontou que 5,3% das unidades de franquias estão no home office. Este é um modelo de negócio bastante comum entre as agências digitais da Guia-se. Sobre as franquias que permitem que os membros tenham mais de uma unidade, como a Guia-se, a pesquisa constatou que 23% dos franqueados resolveram ampliar os negócios negócio dessa forma.

Primeiro trimestre da Guia-se

Para o CEO da Guia-se, José Rubens Oliva Rodrigues, o modelo trimestral da pesquisa é ótimo. Isso porque ele adianta dados importantes crescimento para o franchising no Brasil. “Ficamos animados com os números do segmento de Comunicação, Informática e Eletrônicos. Também é muito bom saber que mais empreendedores estão investindo nos modelos home based, como a Guia-se”, afirma. A microfranquia abriu, desde o começo do ano, 15 novas unidades pelo Brasil, sendo 10 no primeiro trimestre. A rede pretende chegar as 170 unidade em breve, ampliando as unidades nas regiões Sul e Sudeste, principalmente.

“É muito bom ver que o setor de Franchising está forte diante desse período de instabilidades. O empreendedorismo se tornou a solução para muitas pessoas, especialmente aquelas que ficaram desempregadas depois de anos atuando em uma mesma empresa. O modelo de franquias é uma excelente opção para quem não tem experiência com negócios e precisa de um suporte para começar”, completa.