(19) 3016-1270 | (19) 3894-2490 | 0800-8871155 (horário comercial)

Convenção da franquia home office trouxe palestra sobre atendimento de novos negócios

Principal » Notícias sobre Franquias » Convenção da franquia home office trouxe palestra sobre atendimento de novos negócios

Tema foi exposto por Flávio Zeinum, no segundo dia de evento, aos membros da Guia-se Negócios pela Internet

A franquia home office Guia-se Negócios pela Internet trouxe no segundo dia de Convenção Anual de Franqueados a palestra “Atendimento de novos negócios”. O tema foi exposto pelo sócio-diretor de atendimento e novos negócios da Agência Pulso, Flávio Zeinum. A Convenção foi realizada de 4 a 6 de outubro em Indaiatuba, cidade sede da microfranquia.

Apesar do surgimento de novas áreas de atuação, Zeinum reconhece que pautar-se a partir dos pilares do atendimento é primordial. Seja na internet ou em loja física, o profissional de vendas deve se comportar diante de seu consumidor com empatia, gentileza e saber ouvi-lo. “Já se foi a época em que o consumidor buscava o vendedor para adquirir algo. Atualmente o cliente exige um atendimento cada vez mais humanizado. Ele quer que você, vendedor, se coloque na condição dele e entenda quais são suas reais necessidades”, ponderou. O básico há anos virou coisa do passado. Por isso, atualmente, torna-se necessário bem mais que apenas vender, é preciso agir além da expectativa do cliente e, consequentemente, surpreendê-lo.

Franquia home office: atendimento na internet

Ainda durante a Convenção da franquia home office, Zeinum explicou que vender qualquer produto na internet tem suas peculiaridades. A diferença para a loja física, por exemplo, está justamente na forma de atuação do vendedor. Na unidade física o diferencial está nas inúmeras possibilidades de converter a venda. Enquanto que no digital é a experiência do profissional que faz toda diferença. Cabe a ele utilizar todo seu conhecimento para fazer o elo entre o serviço e o que o cliente realmente deseja.

Novamente o atendimento humanizado ganha força. O consumidor não quer ser tratado como um robô e ser abordado com uma mensagem pronta. É necessário inovar, visto que se trata de um segmento ainda muito novo diante dos demais. A internet tem, em média, 14 anos e seu público possui um perfil extremamente dinâmico. “O avanço constante da tecnologia também tem colaborado para a criação das características desse consumidor online. Mas a grande questão é que a internet atinge todos os públicos, desde a criança aos mais idosos. Dessa forma, existe um conflito de gerações que vai desde usuários, gestores de marcas, empresários e especialistas em marketing digital”, observou Zeinum.

Conquistando clientes no marketing digital

As agências de marketing digital são um segmento ainda a ser muito explorado no Brasil e atualmente corresponde a 18% do investimento em publicidade. Porém, a boa notícia é que é um setores mais promissores. Dos R$ 8 bilhões aplicados no setor em 2015, a estimava é que se chegue aos R$ 16 bilhões em 2020. “O crescimento desta área está relacionado a uma necessidade notável do cliente. Muitos não possuem tempo para cuidar desta área, ou então sequer possuem este departamento em suas corporações. Falta ainda, dentro de sua própria empresa, funcionários capacitados para tal função e o mais importante: dinheiro para investir”, explicou.

Por isso, na Convenção da microfranquia, Zeinum falou sobre a necessidade dos profissionais de marketing digital “aculturarem” este mercado. De acordo com o especialista, é preciso apostar em vendas consultivas e convencer o cliente que o investimento agregará inúmeros valores a sua empresa. Como aumento de tráfego, engajamento e o crescimento notável nas vendas. “Não pode mandar proposta e esperar cair do céu. Tem que mandar proposta, explicar o que o cliente vai ganhar com aquilo e esperar que ele feche”, salientou o especialista.

Mas, para alcançar resultados tão expressivos, são necessárias estratégias. Ainda na Convenção da franquia home office, o especialista lembrou que vale a pena estudar o cliente antes de oferecer o serviço. Buscar informações no Linkedin e demais redes sociais é um passo importante. Veja ainda onde já trabalhou, qual sua formação escolar, e se é dono de um perfil mais emocional ou racional.  Mas como localizar esses clientes? Segundo Zeinum, por meio de técnicas de prospecção. “É preciso participar de palestras e eventos que permitam fazer networking e que proporcionem indicações, por pessoas bem relacionadas, de clientes em potencial”, ensinou.

Convenção da franquia home office trouxe palestra sobre atendimento de novos negócios
Avalie esse post

Leave A Comment