(19) 3894-2490 [email protected]
Por que apostar em uma microfranquia em 2019?

Por que apostar em uma microfranquia em 2019?

Microfranquias de marketing digital Guia-se trazem modelo de negócio altamente rentável e lucrativo

O fim do ano está bem próximo, por isso, que tal iniciar 2019 investindo em um negócio barato e com grande possibilidade de retorno financeiro? Se é isso que você procura, o melhor caminho é investir em microfranquias, como a Guia-se Negócios pela Internet. Além de ser um mercado promissor, sendo que no Brasil há cerca de 600 marcas oferecendo o modelo de negócio, apostar em uma microfranquia é a garantia de muitos outros benefícios.

No Brasil, o franchinsing – setor de franquias onde também estão inseridas as microfranquias -, não para de evoluir. Sendo assim, somente no terceiro trimestre de 2018 o crescimento foi de 6,3%, ante ao mesmo período no ano passado. O faturamento passou de R$ 41.850 bilhões em 2017, para R$ 44.479 bilhões neste ano, segundo balanço da Associação Brasileira de Franchising (ABF). Entretanto, se considerar os últimos 12 meses, a variação chega a 7%, saltando de R$ 159.826 bilhões para R$ 170.988 no período.

Continue lendo o texto e saiba por que as microfranquias são as melhores opções de negócio para você e o seu dinheiro em 2019.

Setor que continuará expandindo em 2019

Para 2019, a expectativa é que o setor de franquias siga pelo mesmo caminho de crescimento deste ano. A poucos dias do fim do ano, 2018 deve fechar com crescimento de 7% em faturamento e 5% em crescimento de unidades. Enquanto que o volume de redes em operação no Brasil ficará estabilizada em 2,8 mil unidades.

Outros aspectos elevam a confiança quando ao desempenho do franchising em 2019. Um dos fatores que revelam o sucesso do setor está na sua capacidade de inovação. Normalmente, as redes de franquias já possuem formatos modernos. Mas, ao aliarem evolução tecnológica a sua estrutura, ficam mais versáteis e aptas ao novo mercado. Dessa forma, conseguem alcançar tanto novos consumidores quanto novos franqueados.

Pesquisa divulgada pela ABF revela que 88,% das redes de franquias adquiriram novas tecnologias. No mesmo caminho, 90,3% trouxeram softwares mais modernos para sua gestão. O próprio crescimento da economia este ano também revela um cenário positivo em 2019. Analistas do Banco Central (BC) revelam que Produto Interno Bruto (PIB) deve crescer 2,8% em comparação a 2018. Por outro lado, a projeção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) é que a inflação fique em 4,07%.

Além de baratas, as microfranquias de marketing digital Guia-se Negócios pela Internet são altamente lucrativas

Benefícios que só as microfranquias podem oferecer

Empreender com microfranquias tem grandes vantagens. O primeiro diferencial é que trata-se de um negócio de baixo investimento para 2019. Atualmente, há no mercado diversos modelos de microfranquias, com investimentos variáveis. Entretanto, esse tipo de negócio tem como teto máximo de investimento o valor de R$ 80 mil.

Outro aspecto positivo é que esse tipo de negócio pode ser realizado no formato home based. Ou seja, você atuará profissionalmente a partir de sua residência, uma tendência cada vez mais presente no mercado. Sendo assim, além de trabalhar num ambiente bem mais confortável, ficará livre de custos como transporte, internet, telefone, água, energia, aluguel, etc.

As microfranquias oferecem também treinamento aos franqueados. Assim, você pode iniciar suas atividades amparado pelo know-how da franqueadora, com negócio e/ou produtos já testados e aprovados no mercado. Por fim, as microfranquias garante segurança e grande possibilidade de retorno de seu investimento. Retorno esse que pode superar até mesmo ao de uma franquia e varia entre 6 a 12 meses.

Guia-se é a melhor opção de microfranquia para 2019

Está convencido que investir em microfranquias é a melhor opção de negócio para 2019? Então você não pode perder a oportunidade de fazer parte do time da franquia de marketing digital Guia-se Negócios pela Internet. A franquia virtual está há 21 anos no mercado, oferecendo serviços de marketing digital para mais de 3 mil clientes. São mais de 100 franquias de sucesso, espalhadas por mais de 70 cidades brasileiras.

Por isso as microfranquias Guia-se são referências no mercado nacional. Assim, é a única franquia home based no Brasil a conquistar 6 Selos de Excelência. A premiação é um reconhecimento ao suporte proporcionado a todos os franqueados, com treinamentos e capacitações. A chancela, a sexta consecutiva conquistada pela Guia-se, foi concedida pela Associação Brasileira de Franchising em 2018. “Me tornei franqueada em 2012 e desde então minha vida mudou. Hoje eu tenho flexibilidade com o trabalho, faço o que eu tenho paixão e, principalmente, tenho mais qualidade de vida”, diz a franqueada Michele Vieira, da unidade Indaiatuba/SP.

Veja este e outros depoimentos de franqueados.

Quer investir em um negócio rentável e lucrativo em 2019? Então clique AQUI e venha fazer parte do time de microfranquias da Guia-se!

CEO da franquia home based Guia-se ministra palestras sobre vendas no Google

CEO da franquia home based Guia-se ministra palestras sobre vendas no Google

Aprenda como vender ainda mais no Google, em palestras gratuitas oferecidas pela franquia home based

A franquia home based Guia-se está com oportunidade especial para quem busca conhecimento em estratégias de venda pela internet. A palestra gratuita “Como vender ainda mais através do Google”, será ministrada pelo CEO da Guia-se, José Rubens Oliva Rodrigues, nos dias 12 de setembro e 21 de novembro. O evento de setembro ocorre em Indaiatuba/SP e o de novembro em Campinas/SP, ambas das 18h30 às 21h, com inscrições abertas. Apesar da participação ser gratuita, solicita-se a doação de um quilo de alimento não perecível.

Clique AQUI e inscreva-se na palestra de 12 de SETEMBRO. O encontro será na sede da Guia-se, na Rua das Orquídeas, nº 737, Jardim Pompéia, Indaiatuba/SP.

Clique AQUI  e inscreva-se na palestra de 21 de NOVEMBRO. O encontro será na Rua Ana Jacinta de Andrade Couto, n° 425, no Parque Industrial, Campinas/SP.

Para as palestras, a franquia home based Guia-se Negócios pela Internet disponibilizou 50 e 75 vagas, respectivamente. Por isso, não deixe para depois, garanta agora mesmo a sua participação. Às 18h30 inicia-se o credenciamento e às 19h começa a palestra.

A palestra com o CEO da Guia-se tem por objetivo oferecer conhecimentos básico e estratégicos para quem busca bons negócios na internet. Portanto, é destinado tanto a empresários como também a empreendedores. “Durante a palestra vamos mostrar aos presentes que é possível ter resultado mais significativos e eficazes em seus negócios com vendas pela internet. Bastar ter as ferramentas adequadas, dentro de estratégias bem elaboradas, e acima de tudo saber executá-las corretamente,”, explica o José Rubens.

CEO da franquia home based traz experiência e conhecimento

Para falar de vendas na internet, o CEO da microfranquia trará para a palestra todo o seu conhecimento e experiência no setor. Só de Guia-se já são mais de 20 anos a frente das franquias de sucesso. José Rubens é também graduado em Administração de Empresas desde 2003. Ele possui especialização em Gestão de Força de Vendas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Na mesma instituição, concluiu MBA em Gestão de Estratégias de Negócios e realizou seu pós-MBA em Negociação Empresarial.

O CEO da franquia home based possui certificado internacionalmente em Executive Coaching. Dessa forma, já treinou mais de 400 empresários e empreendedores. O que também possibilitou que ele se tornasse palestrante em marketing digital e vendas. Assunto que também é abordado em sala de aula, como professor de MBA. No marketing digital desde 1997, José Rubens tornou-se então um “apaixonado” por links patrocinados, SEO, mídias sociais, automação de marketing e vendas. O CEO da franquia de marketing digital é autor do livro “Checklist Minha Franquia”. Atualmente coordenador do Comitê de Microfranquias da ABF, José Rubens também já foi diretor da Associação Brasileira de Franchising.

Quer saber mais sobre os serviços oferecidos pela franquia home based Guia-se Negócios pela Internet? Então INSCREVA-SE agora mesmo.

Franquia home based gera mais de 430 contatos na Feira do Empreendedor

Franquia home based gera mais de 430 contatos na Feira do Empreendedor

Estandes da franquia home based foram visitados por centenas de interessados, no evento do Sebrae, em São Paulo

A franquia home based Guia-se Negócios pela Internet marcou presença na Feira do Empreendedor. A sétima edição do evento foi promovida pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).  Dois estandes da microfranquia estiveram disponíveis para visita entre 7 a 10 de abril e receberam muitos interessados em informações sobre a franquia de sucesso e seus serviços. Foram registrados, no total, 432 leads durante o evento, que ocorreu no Pavilhão de Exposição do Anhembi, em São Paulo.

A franquia home based Guia-se contou com uma equipe de profissionais capacitados durante o evento. Dez franqueados estiveram presentes para explicar e sanar todas as dúvidas sobre serviços de marketing digital. Da mesma forma, a franquia virtual esteve com seu time de expansão para atendimento aos empreendedores. Eles apresentaram aos interessados o modelo de negócio proposto pela Guia-se, bem como explicaram de que forma novos empreendedores podem fazer parte do time da microfranquia.

[fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”]

Feira do Empreendedor do Sebrae contou com 425 expositores e consultores

Franquia home based oferece modelo de negócio lucrativo

A presença da Guia-se na Feira do Empreendedor tem por objetivo apresentar aos empreendedores um modelo de negócio lucrativo. Dessa forma, os visitantes puderam conhecer melhor o trabalho desenvolvido pela Guia-se em mais de 120 unidades espalhadas pelo Brasil. De acordo com o CEO da Guia-se, José Rubens Oliva Rodrigues, adquirir uma franquia é uma excelente oportunidade de investimento em 2018. “Definitivamente, a Guia-se é a maior franquia de marketing digital do Brasil. Afinal, estamos em mais 70 municípios e 18 estados brasileiros. Não é à toa que, atualmente, somos a única franquia de marketing digital a receber, por 5 vezes seguidas, o Selo de Excelência da ABF (Associação Brasileira de Franchising). Mas o nosso objetivo é crescer e expandir nossa rede de franqueados “, projeta.

José Rubens enfatizou ainda que todo empresário que deseja crescer, assim como todos que planejam abrir seu negócio próprio, devem comparecer a esse tipo de feira. “A Feira do Empreendedor é a maior do Brasil e reuniu muitos palestrantes que são referência no mundo do empreendedorismo nacional”, comenta. “O Sebrae compartilha muito conhecimento estratégico e ferramentas, gratuitamente. Isso é muito bom.”

Além da presença da franquia home based Guia-se, a Feira do Empreendedor contará com 425 expositores/consultores. Eles ficarão num espaço de 40 mil metros quadrados. Sendo assim, irão disponibilizar aos presentes uma grande vitrine de negócios. Além disso, será possível fazer networking e ainda oferecer serviços, novos produtos e soluções para o desenvolvimento de suas empresas. Em 2017, 140 mil pessoas passaram pela Feira. Foram 500 oportunidades de negócios, sendo 44 horas de orientação, capacitação e inovação.[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

Veja mais em:

Franquia de Marketing Digital
Franquias de Sucesso
Franquias Baratas
Franchising
Franquia Home Based
Franquias Online e Virtuais
Microfranquias
Serviços de Marketing Digital da Franquia Guia-se

Quer saber mais sobre a franquia digital Guia-seInscreva-se aqui!

Franquia de marketing digital: ainda dá tempo de faturar no e-commerce em 2017

Franquia de marketing digital: ainda dá tempo de faturar no e-commerce em 2017

Até o final deste ano quatros datas prometem movimentar o comércio on-line no Brasil

Ainda dá tempo de faturar no e-commerce em 2017. Há menos de 2 meses do término do ano, ainda é possível traçar ações e estratégias para alcançar resultados positivos. Até 31 de dezembro de 2017, há pelo menos 4 datas com grandes possibilidades de faturamento. Entre elas estão a Black Friday e o Natal. Por isso planejar e focar nessas datas torna-se essencial para fechar 2017 com “chave de ouro”, de acordo com as previsões da franquia de marketing digital Guia-se Negócios pela Internet.

Mas é bom correr e se preparar, pois as datas de maior movimento no e-commerce já começam neste mês de novembro. A Black Friday, por exemplo, acontece no dia 24. O “evento” permite que os consumidores comprem produtos com preços além dos convencionais. De origem norte-americana, a data vem dando tão certo no Brasil que neste ano as vendas devem bater recordes. A previsão é que a Black Friday fature R$ 2,2 bilhões, cerca de 20% a mais que em 2016. O movimento deve ser ainda 7% maior que no ano passado, pois 68% das pessoas garantem que vão às compras.

Dar descontos de verdade é a principal estratégia para quem busca faturar na data, segundo a microfranquia. Uma pesquisa divulgada pelo Google garante que 49% dos consumidores buscam por valores promocionais na Black Friday. Também é levado em consideração pelos clientes segurança na hora de comprar (27%) e confiança na marca (13%). Outra dica é sempre estar preparado para o movimento. Aumentar o estoque é necessário, visto que 79% do volume das compras ocorrem justamente no dia 26 de novembro.

Franquia de marketing digital: as vendas não param!

Se as vendas na Black Friday não trouxeram o resultado esperado, não desanime. A franquia de marketing digital Guia-se aguarda movimento além do esperado para o e-commerce na segunda-feira seguinte ao Black Friday (27 de novembro). Conhecida como Cyber Monday, o evento oferece produtos com preços promocionais, porém apenas com vendas nas lojas virtuais. Além de promover descontos aos clientes, é a chance das empresas dá um fim aos produtos que estão em estoque. Atualizar o estoque logo após o Black Friday torna-se essencial. Se depender das vendas no ano passado, 2017 tende a superar as expectativas. No ano passado, a Cyber Monday faturou R$ 571 milhões somente no Brasil, sendo 94% a mais que 2015.

Não é surpresa para ninguém que o Natal é uma das datas de maior movimento no comércio, inclusive na internet. A data, sempre celebrada em 25 de dezembro, tem como tradição a troca de presentes e cartões. É considerada a mais importante e a que traz mais faturamento ao e-commerce brasileiro. No ano passado, por exemplo, o número de pessoas que compraram pela internet ocasionou no faturamento de R$ 7,7 bilhões. Para se ter uma ideia, a Black Friday é a segunda mais importante e no ano passado faturou R$ 1,9 bilhão. O Natal proporcionou ainda, em 2016, 16,6 milhões em número de encomendas. O diferencial desta data, e que acaba aumentando o poder de compra do consumido,r é que o Natal coincide com o pagamento do 13º salário. Por isso aposte em plataformas e servidores para atender a demanda, pois a procura por produtos nos sites deve ser grande.

Tradição segue ‘viva’ também no pós-Natal

O pós-Natal, conhecida como Boxing Day, é outra data que deve gerar maior movimento segundo a franquia online. Prevista para 26 de dezembro, a data torna-se importante pois oferece produtos com valores abaixo do eram comercializados no Natal. Essa tradição ainda é recente no Brasil, mas os números mostram que já é uma realidade. Por isso deve ser inserida no calendário de eventos” de maior movimento no ano. De acordo com a Ebit, empresa especializada em informação sobre comércio eletrônico, só no ano passado o faturamento foi de R$ 81,6 milhões com vendas on-line. Para esta data, a dica é deixa bem clara a política de troca de produtos. A troca de presentes, por diversos motivos, é algo corriqueiro tanto no Natal quanto no pós.

Para o CEO da franquia de marketing digital, José Rubens Oliva Rodrigues, é fundamental traçar estratégias em busca de resultados positivos para essas datas. “Os números mostram que as vendas no e-commerce nesses dias crescem gradativamente. Por isso, quem tem seu negócio na internet deve estar preparado para aproveitar estas grandes oportunidades de faturamento”, salienta. “É preciso investir no bom relacionamento com o consumidor, para que o mesmo tenha boa experiência na hora da compra e possa retornar nos próximos anos.”

Franquias home based: pesquisa revela perfil de clientes na Black Friday

Franquias home based: pesquisa revela perfil de clientes na Black Friday

Vendas pela internet para a data este ano devem movimentar R$ 2,2 bilhões

As franquias home based Guia-se Negócios pela Internet já podem orientar seus clientes sobre técnicas e estratégias de vendas na Black Friday 2017. Em busca de resultados positivos, os membros da microfranquia contam com auxílio de dados de uma pesquisa divulgada pelo Google. Nela, é possível saber previsão de faturamento nas vendas on-line e perfil dos compradores. Também é possível identificar quais os assuntos mais pesquisados, bem como produtos mais cobiçados. A pesquisa foi realizada em julho e ouviu 800 brasileiros e-shoppers (classes A, B e C), de 18 a 54 anos, de todo o Brasil. Prevista para 24 de novembro, a Black Friday destaca-se por oferecer produtos com descontos além dos convencionais. O “evento” começou nos Estados Unidos e já é uma realidade também no Brasil!

Os números comprovam que as vendas no varejo on-line crescem acentuadamente a cada ano. Para 2017, a previsão é que os negócios pela internet na Black Friday movimentem R$ 2,2 bilhões. A quantia corresponde a um aumento entre 15% a 20%, comparado ao ano passado. O valor previsto corresponde a 4% do e-commerce do ano em apenas um dia de vendas. Em 2016, as compras pela internet atingiram R$ 1,9 bilhão. A previsão de crescimento também foi constatada no número de pessoas que garantem que vão gastar no Black Friday, que chega a 68%. Apenas 2% disseram que não pretendem gastar. No ano passado, 61% das pessoas consumiram algo na data.

Franquias home based conhecem perfil do cliente

Quem compra na Black Friday? Identificar o perfil do cliente é essencial para as franquias home based Guia-se e seus respectivos clientes. A pesquisa realizada pelo Google revelou cinco perfis de consumidores e seus engajamentos com a data. Os “descrentes” correspondem a 16% dos compradores e desconfiam dos descontos concedidos. Por isso necessitam que o preço seja confirmado. Com média de gastos na Black Friday de R$ 422,25, suas preferências são os materiais esportivos, que são procurados via TV, redes sociais, sites, além de jornais e revistas.

Os “inseguros” são 22% dos consumidores e ficam em dúvida diante de atrasos, qualidade dos produtos e os mesmos serão violados. Na maioria das vezes optam por artigos de moda/acessórios, móveis e itens esportivos. Ficam por dentro dos produtos por e-mail, amigos e pelo Youtube, e costuma gastar em média R$ 438,05.

Existem ainda os “participativos”, que são 22% dos compradores. São pessoas que costumam compartilhar os descontos e as experiências na Black Friday. Gastam em média R$ 600, em moda/acessórios e itens esportivos, e descobrem os produtos em sites de busca e das marcas.

Há também os “empolgados”, que correspondem a 22% dos clientes. São compradores confiantes e com experiências positivas na data. Costumam fazer bons negócios, com investimento de R$ 444, e optam também por moda/acessórios e artigos esportivos, e os encontram em sites de buscas e marcas.

Por último, há os “apaixonados” pela data, que correspondem a 18% dos consumidores. São clientes aficionados pela “evento” e que se divertem muito nas compras. Utilizam sites de varejo, e-mail e Youtube para localizar seus produtos eletrônicos, moda/acessórios e de beleza. Costumam gastar, em média, R$ 524.

Confiança e produtos mais comprados no Black Friday

A pesquisa revela ainda que “confiança” é a palavra-chave dos consumidores na hora de fechar uma compra pela internet na Back Friday: 27% consideram a confiança na loja fundamental e outras 13% dizem considerar a confiança na marca. Mas o fator determinante é o valor do produto, que corresponde a 49% na tomada de decisão do consumidor. Logo abaixo vem outros fatores como frete (5%), pagamento parcelado (3%) e tempo de entrega (2%). No “Reclame Aqui” das lojas virtuais, as pesquisas sobre reputação cresceram 26% em 2016, enquanto que as reclamações caíram 33%.

O movimento da Black Friday é em média 15 vezes maior que um dia normal no e-commerce brasileiro. Os produtos que devem ser mais adquiridos pelos consumidos este ano são: celulares e smartphones, além de roupas femininas (ambas com 39% das intenções); seguidas por passagens aéreas e reservas em hotéis, com 36%. As compras costumam ser realizadas ainda nos mesmo locais. Dos consumidores, 32% disseram que todas as compras foram feitas nas mesmas lojas, enquanto que 34% informaram que foram em quase todas.

Pesquisa e buscas começam bem antes da data

Apesar da Black Friday estar prevista apenas para novembro, as ações de vendas já podem ser definidas entre os franqueados das franquias home based e seus clientes. Segundo a pesquisa do Google, os consumidores costumam procurar pelos produtos bem antes da data do “evento”. Só neste ano, entre janeiro e julho, as buscas cresceram 46% quando comparado com o mesmo período de 2016. Esse aumento já havia sido registrado no ano passado, quando 91% dos compradores fizeram pesquisas on-line durante tempo médio de 16,5 dias. As categorias games e lazer (19,5 dias), eletrônicos (17,6) e artigos esportivos (16,8) foram as mais pesquisadas.

Na hora de realmente comprar o produto a pesquisa do Google revela que essa decisão não acontece somente no dia da Black Friday. Cerca de 21% das compras ocorreram fora da data e com valor médio da compra maior. Dos consumidores, 16% consumiram algum produto entre segunda e quinta-feira da semana do evento e gastaram em média R$ 1.498,14. Outros 79% preferiram ir às compras na sexta-feira da Black Friday e o gasto médio foi R$ 1.139,12. Para finalizar, 5% optaram por compras pós-evento, no sábado, domingo e segunda-feira. O valor médio do tíquete foi R$ 1.471,15.

O CEO das franquias home based Guia-se Negócios pela Internet, José Rubens Oliva Junior, reconhece que a data é a mais importante para os negócios on-line e que todos devem estar preparadas. “Nos preocupamos muito em oferecer treinamento aos nossos franqueados, para que possam ter sucesso junto a seus clientes”, diz. “Prova disso é que o assunto foi intensamente debatido em dois eventos da nossa franquia. Na Semana Técnica e no encontro on-line sobre técnicas e estratégias de vendas pelo treinamento do Google AdWords para o Dia do Cliente.”

 

CEO da franquia home office Guia-se participa do Digitalks 2017

CEO da franquia home office Guia-se participa do Digitalks 2017

Evento destacou o tema “Transformação Digital” e contou com a presença dos principais nomes do marketing digital

O CEO da franquia home office Guia-se Negócios pela Internet, José Rubens Oliva Rodrigues, participou da 4ª edição do Expo Fórum de Marketing Digital. O Digitalks 2017 foi realizado nos dias 30 e 31 de agosto, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. O evento proporcionou a experiência com os profissionais mais renomados do marketing digital. Com o tema principal “Transformação Digital”, eles expuseram todas as inovações do setor. Membros de agências digitais e microfranquias tiveram a oportunidade ainda de fazerem um networking.

O Fórum deste ano seguiu o mesmo benchmarking dos maiores eventos da Europa e contou com mais de 20 atividades. Grandes personalidades nacionais e internacionais do marketing digital estiveram presentes em 4 palcos, que funcionavam de forma simultânea. Foram dois dias de palestras, masters seminários, painéis de debates, inovações e tendências, talk shows, games e workshops. O evento contou com a presença de representantes de empresas destaques no marketing digital como Google, Itaú, Universal, IBM, Mercado Livre, LikedIn e outras.

Os presentes puderam adquirir conhecimento em mais de 50 stands de patrocinadores e 15 startups do setor de marketing digital. A troca de experiência ocorreu ainda durante as mentorias especializadas, disponíveis para até 100 participantes. Houve ainda premiação para os profissionais de destaque e prêmios em 8 categorias, além de uma “competição” no setor de marketing digital.

[fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”]

franquia-virtual-digitalks-2017 1

Digitalks 2017 contou com mais de 50 stands de patrocinadores

Franquia home office e a experiência no Digitalks

O CEO da microfranquia Guia-se Negócios pela Internet acredita que participar de um evento deste porte foi a oportunidade de adquirir ainda mais conhecimento. “O evento foi fantástico e recomendo a todos que querem entrar neste mercado. Tive a oportunidade de rever alguns parceiros, como a XTech, e trocar experiências com os demais profissionais presentes. Acompanhei ainda palestra com a Martha Gabriel, que falou sobre o desafio da transformação digital durante um keynote. Pude participar ainda de outras palestras, sobre Facebook, E-mail Marketing e engajamento, e uma excelente sobre Watson que é a inteligência artificial da IBM”, revela. “Acompanhei também alguns pitchs de startups, que me possibilitou entender como podemos evoluir no valor do negócio proposto.”

José Rubens salienta ainda que o “ganho” neste tipo de evento não é apenas individual, mas sim de toda a equipe de franqueados da franquia home office Guia-se. “Acredito que quando temos um negócio próprio devemos atuar sobre três pilares. O primeiro dele é trabalho. Em todo negócio tem que trabalhar muito, e aqui na Guia-se não é diferente. Outro pilar é estudo, é onde invisto de 20% a 30% do meu tempo. Mas o mais importante é a colaboração. É como consigo passar toda experiência e conhecimento para os nossos franqueados, nossas agências espalhadas por todo o País.”

 

 [/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]