(19) 3016-1270 | (19) 3894-2490 | 0800-8871155 (horário comercial)

Vice-presidente da ABF comenta relação entre franqueado e franqueadora

Principal » Notícias sobre Franquias » Vice-presidente da ABF comenta relação entre franqueado e franqueadora

Fundador da rede de franquias Casa do Construtor, Altino Cristofoletti Junior, expôs boas práticas de empreendedorismo e franchising no Brasil na Convenção Franquia Guia-se

Franchising no Brasil – A relação entre os membros de uma franquia foi o tema de uma palestra ministrada pelo vice-presidente da Associação Brasileiras de Franchinsing (ABF), Altino Cristofoletti Junior, durante a Convenção Anual da Franquia Digital Guia-se Negócios pela Internet. O evento da franquia digital aconteceu, em Indaiatuba, na primeira semana de outubro. “Franqueador e franqueado tem que estar no mesmo barco, remando para o mesmo lado. Se cada um olhar para si e remar para o seu lado o barco vai afundar”, afirma. “Neste cenário de crise brasileira, quem está sozinho no mercado não tem com quem se relacionar e trocar experiências. E é por isso que o franchising é uma vantagem.”

O fundador da rede de franquias Casa do Construtor explicou que o franqueado é um empreendedor especializado no ambiente em que atua. Ele também afirmou que a relação com a franqueadora precisa ser uma união de experiências que entrega ao cliente final a proposta de valor da marca. Para Cristofoletti, o empreendedorismo une pilares básicos. Entre eles, a motivação pessoal de abrir um negócio, a atitude e a inovação. “Ninguém nasce empreendedor, mas é possível desenvolver, estudar”, destaca.

franchising no brasil

Direitos e deveres da franqueadora e franqueados

O vice-presidente da ABF também esclareceu a função da franqueadora, que não é apenas ser detentora do know-how. Mas também é responsável por captar as boas práticas de cada franqueado e disponibilizar as inovações para toda a rede. Um bom relacionamento entre franqueador e franqueados une a visão macro, de toda a rede, com a visão micro, que atende as necessidades locais.

O fundador de uma das redes mais premiados pela ABF também frisou como responsabilidade da franqueadora a capacitação dos franqueados com foco no negócio e na gestão. “O franqueado também tem que procurar se capacitar cada vez mais em sua atividade”, lembra. Para Cristofoletti, é importante se relacionar, trocar ideias e experiências. “Convenções de franqueados são momentos muito ricos para se relacionar. Quem não participa está pensando no ‘eu’ sozinho”, argumenta. “Não adianta esperar que as melhorias na rede aconteçam para se envolver e fazer o melhor no trabalho.”

Segundo Cristofoletti, outra vantagem do franchising no Brasil, para o franqueado, é poder contar com a franqueadora para resolver algumas questões práticas e conseguir manter o foco na operação da unidade. “É natural ter conflitos entre franqueados e franqueador. Os conflitos são ótimas oportunidades de crescimento e de empatia, para tentar ver o lado do outro na relação e criar uma solução boa para ambos”, afirma. “Temos que aprender com os nossos erros e criar valor para o nosso negócio. Senão não vamos vencer a concorrência.”

franchising no brasil

Altino Cristofoletti e José Rubens Oliva Rodrigues

Alinhamento das expectativas

O vice-presidente da ABF ressalta que o “azeite” da relação em uma franquia é o alinhamento constante das expectativas de franqueador e franqueados. “Como a Guia-se diz em seu lema, uma franquia não é um negócio, é mais que um negócio. Ninguém tem sucesso sem trabalhar, e se tiver sorte por um tempo, lembre-se que a sorte pode mudar. Tem é que ser muito bom no que faz”, enfatiza. Cristofoletti também parabenizou a Guia-se pelos Selos de Excelências em Franchising conquistados nos últimos 4 anos. “A Guia-se é referência no seu segmento. E isso é um ótimo sinal de avaliação no seu relacionamento com os franqueados”, conclui.

O CEO da microfranquia Guia-se, José Rubens Oliva Rodrigues, agradeceu a presença do palestrante no maior evento das franquias digitais. “O Altino significa muito para o franchising no Brasil. Ele deve ser o próximo presidente da ABF, pois é conceituado pela forma que ensina e promove o franchising de maneira responsável”, diz.

Vice-presidente da ABF comenta relação entre franqueado e franqueadora
4.7 (93.33%) 3 votos

Leave A Comment